Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro critica ‘interferência brutal’ do STF na PF

Bolsonaro publica mais um vídeo de Moraes sobre liberdade
COMPARTILHE

“Foi mais uma brutal interferência do STF no Executivo, não podemos concordar com isso”, diz Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, classificou a decisão ministro Alexandre de Moraes, que impediu a posse de Alexandre Ramagem como diretor-geral da Polícia Federal (PF), como uma “interferência brutal” do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em entrevista¹ à emissora BandNews, nesta segunda-feira (15), Bolsonaro disse que não pode concordar com tal iniciativa:

“Foi mais uma brutal interferência do STF no Executivo, não podemos concordar com isso.”

O chefe do Executivo acrescentou:

“Estou sendo consciente e complacente demais, não quero dar soco na mesa e afrontar ninguém, mas peço que não afronte o Poder Executivo.”

Ainda na entrevista, Bolsonaro também disse que o STF errou ao dar autonomia a Estados e municípios no desenvolvimento e aplicação de medidas contra a covid-19:

“O STF errou, tinha que ter uma orientação governamental, eu poderia fazer um conselho, fazer as políticas.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários