Português   English   Español
Português   English   Español

Bolsonaro critica validação de mensagens hackeadas da Lava Jato

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bolsonaro critica validação de mensagens hackeadas da Lava Jato

“Se é criminosa é criminosa, ponto final. O que é criminoso é criminoso, respeita a lei”, afirmou Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, se mostrou contrário à tentativa do Supremo Tribunal Federal (STF) de validar juridicamente as mensagens hackeadas do Telegram de integrantes da operação Lava Jato.

Em breve declaração ao deixar o Palácio da Alvorada, na manhã desta sexta-feira (4), Bolsonaro declarou:

“Se é criminosa é criminosa, ponto final. O que é criminoso é criminoso, respeita a lei. Quebra de sigilo… se seguiu a lei, tudo bem. Não seguiu, tá errado.”

Como noticiou a RENOVA, o Supremo vai acionar a Procuradoria-Geral da República (PGR) para buscar a verificar a autenticidade dos arquivos. 

O movimento deve ser levado à Procuradoria pelo ministro Gilmar Mendes, mas, segundo o jornal Folha, conta com apoio de outros integrantes do STF.

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: