- PUBLICIDADE -

Bolsonaro defende a criação da ‘Lava Jato da Educação’

Bolsonaro defende a criação da ‘Lava Jato da Educação’
- PUBLICIDADE -

De acordo com Bolsonaro, há “indícios fortes de que a máquina está sendo usada para manutenção de algo que não interessa ao Brasil”.

Na manhã desta segunda-feira (4) de Carnaval, o presidente da República, Jair Bolsonaro, deu mais detalhes sobre a operação batizada de Lava Jato da Educação.

Bolsonaro afirmou:

“Há algo de muito errado acontecendo: as prioridades a serem ensinadas e os recursos aplicados. Para investigar isso, o Ministério da Educação junto com o Ministério da Justiça, Polícia Federal, Advocacia e Controladoria-Geral da União, criaram a Lava-Jato (sic) da Educação.”

E acrescentou:

“Dados iniciais revelam indícios muito fortes que a máquina está sendo usada para manutenção de algo que não interessa ao Brasil.”

Em fevereiro, como noticiou a RENOVA, o ministro da Educação, Ricardo Vélez, disse que uma investigação na pasta pretendia “apurar indícios de corrupção, desvios e outros tipos de atos lesivos à administração pública”.

Segundo o jornal Metrópoles, o ministério afirma já ter identificado favorecimentos indevidos no Programa Universidade para Todos (ProUni), desvios no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), envolvendo o Sistema S, concessão ilegal de bolsas de ensino a distância e irregularidades em universidades federais.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -