Bolsonaro defende classificar ataques no Ceará como terrorismo

Idiomas:

Português   English   Español
Bolsonaro defende classificar ataques no Ceará como terrorismo
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Bolsonaro defendeu endurecer a legislação penal contra atos como incêndio ou depredação de bens, classificando-os como terrorismo.


Em mensagem publicada no Twitter, Jair Bolsonaro fez menção à situação no Ceará, onde facções criminosas têm levado a cabo ações como detonação de explosivos em pontes e torres de transmissão. A onda de ataques no Estado nordestino já dura mais de dez dias.

O presidente do Brasil defendeu ainda um projeto de lei que, segundo críticos, pode criminalizar grupos de extrema esquerda, rotulados pela grande mídia como “movimentos sociais”.

O PLS 272 amplia os casos e condutas tipificadas na Lei Antiterrorismo.

Atualmente, o projeto encontra-se pronto para votação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado . O relator é o senador Magno Malta (PR-ES), que não obteve a reeleição, informa a “ISTOÉ“.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...