Português   English   Español

Bolsonaro defende diálogo intenso com parlamentares

Em entrevista à Band divulgada neste domingo (21) por Bolsonaro, o candidato disse que, se eleito, só apresentará propostas ao Congresso depois de discuti-las com os parlamentares.

O candidato do PSL afirmou que quer ter certeza de que medidas serão aprovadas ‘de forma racional’. Entre as primeiras medidas, citou a tipificação como terrorismo de ações do MST e do MTST.

Segundo ele, assim que nomear os ministros do governo, vai apresentar um pacote de medidas ao Congresso e muitas dessas medidas já terão sido discutidas com deputados e senadores.

Em entrevista, Jair Bolsonaro declarou:

Não vamos apresentar nada sem conversar com os parlamentares. Pretendo ter a certeza de que essas propostas vão ser aprovadas de forma racional pelos parlamentares.

Ao ser questionado sobre quais seriam as primeiras medidas, Bolsonaro citou propostas para dar “segurança jurídica” a produtores rurais com relação à demarcação de terras e à reintegração de posse de terra invadida.

Ele também pretende tipificar como “terrorismo” eventuais invasões do Movimento dos Sem Terra (MST) e do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

 

Adaptado da fonte G1

Deixe seu comentário

Veja também...