PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Bolsonaro defende o trabalho da ministra Damares

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Direto do Chile, Bolsonaro participou de transmissão ao vivo pelo Facebook nesta quinta-feira (21).

Ao lado de alguns ministros, o presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que não toma decisões de governo sozinho e que sempre procura ouvir seus ministros de cada área.

Bolsonaro fez uma defesa do trabalho de Damares Alves, titular da pasta de Mulher, Família e Direitos Humanos.

Direto de Santiago, no Chile, Bolsonaro declarou:

“Qualquer decisão minha, eu ouço qualquer ministro da área. Não tomo sozinho, até porque eu posso errar. Tem que ter responsabilidade, é obvio. Até a Damares, por exemplo, que podem achar que é uma ministra com importância não muito grande, mas tem importância.”

E acrescentou:

“A Damares é uma ministra que trata da questão da família, direitos humanos, eu converso muito com ela. Está fazendo um trabalho excepcional no seu ministério. Com o Wagner Rosário (Transparência), a mesma coisa. (Também) com o ministro da Infraestrutura, com o ministro da Defesa. Nosso trabalho é esse. Conversar e chegar à conclusão do que pode ser feito. Tudo que esse governo poderá fazer será feito.”

Confira o vídeo na íntegra logo abaixo:

– LIVE DA SEMANA DO PRESIDENTE BOLSONARO já no youtube: Brasil, Eua, Chile e outros assuntos de interesse nacional.. Link em nosso canal do youtube: https://youtu.be/PL4v3EJYPl0

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Thursday, March 21, 2019
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.