- PUBLICIDADE -

Bolsonaro denuncia ‘dificuldades’ provocadas pela ditadura Maduro

Bolsonaro denuncia 'dificuldades' provocadas pela ditadura Maduro
Imagem: Reprodção/Twitter
- PUBLICIDADE -

Jair Bolsonaro descartou nesta segunda-feira (29) seu apoio a uma eventual intervenção militar na Venezuela, mas denunciou as “sérias dificuldades” provocadas pela ditadura de Nicolás Maduro.

Em entrevista à TV Record, o presidente eleito declarou:

Da nossa parte não existe isso aí. O Brasil sempre vai buscar a via pacífica para resolver esse problema.

Jair Bolsonaro admitiu que tratou da crise na Venezuela e seu efeito migratório com líderes de governo que telefonaram para felicitá-lo pela vitória.

O militar afirmou:

Tive conversas com autoridades de outros países e entrou o assunto da Venezuela, e pedem aí que o Brasil participe de uma forma ou de outra para solucionar esse problema. No final das contas são cidadãos, são nossos irmãos que estão passando seríssimas dificuldades com a ditadura de Maduro.

Citando uma fonte anônima, o jornal Folha de S. Paulo noticiou em sua edição desta segunda-feira (29) que o governo colombiano avisou que se Bolsonaro “ajudar a derrubar Nicolás Maduro com uma intervenção militar, terá o apoio da Colômbia”.

Em sua entrevista à Record, Bolsonaro garantiu que não tratou deste assunto em sua “conversa protocolar” com o presidente Iván Duque.

 

Adaptado da fonte AFP
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -