Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro destaca que exoneração foi requisitada por Valeixo

Jair Bolsonaro esta infectado com novo coronavirus
Imagem: Carolina Antunes/PR
COMPARTILHE

Secom diz que Valeixo pediu para deixar o cargo, “ao contrário do que parte da imprensa está noticiando”.

Maurício Valeixo foi exonerado do cargo de diretor-geral da Polícia Federal (PF) na madrugada desta sexta-feira (24).

Indicado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, Valeixo estava no comando da PF desde o início da gestão atual.

A exoneração aconteceu em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU).

De acordo com o texto decreto, a exoneração do chefe da PF aconteceu a pedido do próprio Valeixo.

O perfil da Secretaria de Comunicação Especial da Presidente da República (Secom) divulgou um print do decreto de exoneração, destacando que a saída de Valeixo aconteceu “a pedido” dele.

“Contra fake news, busque sempre a fonte primária da informação”, escreveu a Secom.

O presidente Bolsonaro também destacou a informação em seu perfil no Twitter.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários