Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro diz que agronegócio do Brasil está sob ataque

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Jair Bolsonaro descarta volta de imposto sindical
Imagem: Isac Nóbrega/PR
COMPARTILHE

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta sexta-feira (18), que as críticas ao Brasil em razão das queimadas na Amazônia são injustas e estariam a interesses de países “concorrentes”.

Durante discurso a produtores rurais e executivos do agronegócio durante visita ao Mato Grosso, na Bolsonaro afirmou que os incêndios “acontecem ao longo de anos”:

“Estamos vendo alguns focos de incêndio acontecendo no Brasil. Isso acontece ao longo de anos. Porque obviamente: quanto mais nos atacarem, melhor interessa aos nossos concorrentes para aquilo que temos de melhor, que é o agronegócio. Países outros que nos criticam não têm problema de queimadas porque já queimaram tudo no seu país.”

O presidente também lembrou o discurso feito por ele na Assembleia Geral da ONU, no ano passado, quando deu ênfase ao agronegócio:

“A ONU queria, conforme contactado por alguns chefes, que nós passássemos de 14% do território demarcado para 20%. Falei-lhes: não. Não podemos sufocar aquilo que nós temos aqui e que tem nos garantido não só a nossa segurança alimentar, bem como a segurança alimentar para mais de 1 bilhão de pessoas.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram