PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Bolsonaro diz que algo ‘estava sendo armado’ no Rio contra os filhos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

“O tempo todo vivendo sob tensão, possibilidade de busca e apreensão na casa de filhos meus”, disse Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, conversou, nesta sexta-feira (22), com a imprensa na parte externa do Palácio da Alvorada, em Brasília.

Poucas horas após a divulgação da gravação da reunião ministerial no dia 22 de abril, Bolsonaro afirmou que algo “estava sendo armado” para cima dele no Rio de Janeiro.

Durante a entrevista, Bolsonaro disse que o governador do Rio, Wilson Witzel, queria a sua cabeça:

“O tempo todo vivendo sob tensão, possibilidade de busca e apreensão na casa de filhos meus, onde provas seriam plantadas. Levantei… graças a Deus tenho amigos policiais civis e militares no Rio de Janeiro… que estava sendo armado para cima de mim.”

O chefe do Executivo deu a entender que pediu ao ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, para protegê-lo desta armação:

“Moro, eu não quero que me blinde, mas você tem a missão de não deixar eu ser chantageado. Nunca tive sucesso para nada. É obrigação dele me defender. Não é me defender de corrupção, de dinheiro encontrado no exterior. Não, é defender o presidente para que possa trabalhar, possa ter paz.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.