Bolsonaro diz que ‘idiotas’ acreditaram na invenção do ‘gabinete do ódio’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“O gabinete do ódio inventaram e alguns idiotas acreditaram”, afirmou Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quarta-feira (4), não temer nenhuma reação no Congresso Nacional sobre a suposta existência de um “gabinete do ódio” no Palácio do Planalto.

De acordo com o depoimento da deputada federal Joice Hasselmann à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News, o tal “gabinete do ódio” seria formado por assessores do Planalto e por dois filhos do chefe do Executivo.

Segundo as palavras de Joice, Eduardo e Carlos Bolsonaro são encarregados de coordenar ataques virtuais e disseminar notícias falsas nas redes sociais.

De acordo com o jornal O Globo, ao visitar uma feira em Brasília, nesta quarta-feira, enquanto Joice depunha, sem citá-la explicitamente, o presidente Bolsonaro declarou:

“O gabinete do ódio inventaram e alguns idiotas acreditaram. Outros idiotas vão até prestar depoimento, como tem um idiota prestando depoimento a esta hora lá.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.