- PUBLICIDADE -

Bolsonaro diz que governo estuda extinção de algum ministério

Bolsonaro diz que governo estuda extinção de algum ministério
- PUBLICIDADE -

Bolsonaro adiantou que governo estuda ajustes nas contas para não ferir Lei de Responsabilidade Fiscal.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, revelou que fará um corte de ao menos R$ 2,5 bilhões nos gastos do governo federal e que, provavelmente, algum ministério será extinto.

O receio do presidente é ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o que pode ser considerado crime e passível de perda do mandato.

Bolsonaro comentou o assunto ao deixar o Palácio do Alvorada, neste sábado (20), para levar sua filha Laura, 8 anos a uma aula de equitação.

O presidente desceu do carro, tirou fotos com apoiadores de seu governo e conversou com a imprensa.

Sem entrar em detalhes, Bolsonaro adiantou que a equipe econômica, capitaneada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, finaliza estudos técnicos para definir qual pasta será extinta.

“Infelizmente vou ter cortar algum ministério. Não sei qual ainda. A equipe está estudando. O orçamento não está fechando”, ponderou o chefe do Executivo.

“O que estamos decidindo com a equipe econômica é se, em vez de cortar de sete ou oito ministérios, cortamos um ministério só. Estou sendo obrigado a decidir por um. Se não fizer isso, eu pedalo e entro na lei de responsabilidade fiscal. Um impeachment contra mim”, advertiu ele.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -