PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Bolsonaro diz que imprensa ‘tem medo da verdade’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

“Comecem a produzir verdades porque só a verdade pode nos libertar”, disse Bolsonaro aos jornalistas.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, teceu duras críticas, nesta quinta-feira (16), ao trabalho dos veículos de imprensa do Brasil.

Em uma cerimônia no Palácio do Planalto, onde foram anunciadas medidas para operação destinada a receber refugiados venezuelanos, Bolsonaro declarou:

“A nossa imprensa tem medo da verdade, deturpa o tempo todo. Quando não conseguem deturpar, mentem descaradamente. E esse o livro dessa japonesa, que eu nem sei o que faz no Brasil, que faz agora contra o governo. São aqueles que o tempo todo trabalham contra a democracia, contra a liberdade.”

O livro em questão é “Tormenta: O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos”, da jornalista Thaís Oyama.

Ainda em seu pronunciamento, o chefe do Executivo acrescentou:

“Essa imprensa que está aqui agora me olhando, estou sob suas lentes. Comecem a produzir verdades porque só a verdade pode nos libertar. Essa imprensa, não tomarei nenhuma medida para censurá-los, mas tomem vergonha na cara! Deixem nosso governo em paz para poder levar paz, tranquilidade e harmonia ao nosso povo.”

Ao final, segundo o portal G1, Bolsonaro ainda disse que a imprensa “precisa começar a vender a verdade”:

“Essa é a obrigação de vocês, não é nenhum favor, não. Nós temos como mudar o destino do Brasil.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.