Português   English   Español

Bolsonaro diz que invasões serão tipificadas como terrorismo

Bolsonaro diz que invasões serão tipificadas como terrorismo

O presidente eleito concedeu entrevistas para várias emissoras de televisão aberta na noite desta segunda-feira (29).

Jair Bolsonaro reafirmou na emissora RecordTV que, se depender dele, invasões de propriedade privada como as perpetradas por movimentos como MST e MTST, serão tipificadas como “terrorismo”.

Bolsonaro declarou:

Quando você o pessoal do MST invadindo propriedades, depredando, matando animais e tocando fogo em prédios, você fica indignado. Muitas vezes você entra com uma ação e ganha. E o governador, sendo de um partido que apoia o movimento, não cumpre.

Ele acrescentou:

No que depender de mim, qualquer invasão, seja feita pelo MST como pelo MTST, terá que ser tipificada como terrorismo. E a propriedade privada é sagrada, seja urbana ou rural.

Os Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) têm sido alvo de duras críticas do capitão reformado do Exército ao longo do tempo.

O presidente eleito afirmou que não pretende dialogar com quem invade, depreda e incendeia propriedades privadas, fazendo uma clara referência aos movimentos de extrema-esquerda.

Bolsonaro deixou claro que, obviamente, essa vontade dele terá de ser aprovada pelo Parlamento, segundo informações de O Antagonista.

Durante o segundo turno da campanha presidencial, em cima de um carro de som no Masp, em São Paulo, o candidato derrotado do PSOL, Guilherme Boulos, brincou com a possibilidade da invasão da residência de Bolsonaro.

Boulos afirmou que “o MTST ocupa terreno improdutivo, e a casa do Bolsonaro não me parece uma coisa muito produtiva”, conforme noticiou a Renova Mídia.

Deixe seu comentário

Veja também...