- PUBLICIDADE -

Bolsonaro diz que não foi eleito para legalizar drogas

Bolsonaro diz que não foi eleito para legalizar drogas

- PUBLICIDADE -

Sem citar a Anvisa, Bolsonaro questionou se as agências regulatórias “estão procurando criar dificuldade para vender facilidade”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, criticou, nesta terça-feira (6), agências regulatórias como a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e questionou se não há “excesso de zelo” ou se “estão procurando criar dificuldade para vender facilidade”.

A declaração foi proferida durante inauguração de nova planta do Laboratório Cristália, que produz insumos para remédios contra o câncer, informa o Paraná Portal.

Em discurso para um público formado por funcionários da empresa e políticos da região, Bolsonaro afirmou que as agências regulatórias têm um “poder enorme, para bem ou para o mal”:

“Quanto tempo leva um registro da Anvisa? Esse tempo todo se justifica? Será que é excesso de zelo ou estão procurando criar dificuldade para vender facilidade?”

Bolsonaro diz que não foi eleito presidente para legalizar as drogas, uma possível referência à discussão sobre aprovação da maconha para fins medicinais pela Anvisa.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -