Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro diz que não tem negociação sobre decreto das armas

Bolsonaro diz que não tem negociação sobre decreto das armas
COMPARTILHE

“Se é inconstitucional, tem que deixar de existir”, diz Bolsonaro sobre decreto das armas.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que não há negociação se o decreto que flexibiliza o uso de armas de fogo for considerado inconstitucional, ele “tem que deixar de existir”.

Após evento nesta sexta-feira (10), em Foz do Iguaçu, Bolsonaro declarou:

“Não tem que negociar. Se é inconstitucional tem que deixar de existir. Quem vai dar a palavra final vai ser o plenário da Câmara ou a Justiça.”

O texto foi alvo de análises das equipes técnicas da Câmara dos Deputados e do Senado. Ambas as Casas do Congresso Nacional apontaram a inconstitucionalidade do texto, uma vez que ultrapassou limites das prerrogativas do Poder Executivo, como noticiou a RENOVA.

Após as manifestações das equipes técnicas, a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu o prazo de 5 dias para que o governo Bolsonaro se manifeste.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE