Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro diz que ONU não representa o ‘interesse global’

Bolsonaro diz que ONU não representa o 'interesse global'
COMPARTILHE

“Não estamos aqui para apagar nacionalidades e soberanias em nome de um interesse global abstrato”, afirmou Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fez um discurso duro contra o globalismo durante a abertura da Assembleia Geral da ONU, em Nova York, nos Estados Unidos.

Durante seu pronunciamento, na manhã desta terça-feira (24), Bolsonaro lembrou que, de acordo com o “preâmbulo de sua Carta”, a ONU foi criada para “promover a paz entre as nações”:

“A ONU pode ajudar a derrotar o ambiente materialista e ideológico que compromete alguns princípios básicos da dignidade humana. Essa organização foi criada para promover a paz entre nações soberanas e o progresso social com liberdade, conforme o preâmbulo de sua Carta.”

Mas criticou a tentativa de “apagar nacionalidades” com base em um “interesse global”:

“Não estamos aqui para apagar nacionalidades e soberanias em nome de um interesse global abstrato. Essa não é organização do interesse global. É a Organização das Nações Unidas e assim deve permanecer.”

E, ao completar seu discurso, Bolsonaro declarou:

“Com humildade e confiante no poder libertador da verdade, estejam certos de que poderão contar com este novo Brasil que aqui apresento aos senhores. Agradeço a todos pela graça e glória de Deus! Muito obrigado.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários