Bolsonaro diz que, ‘por ora’, o Brasil permanece no Acordo de Paris

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O Acordo de Paris é um tratado assinado por 195 países para estabelecer esforços conjuntos para tentar conter o aumento da temperatura do planeta a menos de 2°C até o final do século.

Apesar do nobre objetivo por trás da criação do tratado, o Acordo de Paris vem sendo utilizado por organizações multilaterais de viés globalista como ferramenta para influenciar a política de nações soberanas.

Em reunião com empresários, no Fórum Econômico Mundial, em Davos, nesta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil vai continuar no Acordo de Paris.

Apesar de falar que fica no controverso acordo, Bolsonaro disse que não aceitará ser acusado de incentivar a degradação ambiental.

“Por ora, será mantido”, disse o presidente, de acordo com o jornal “Metrópoles”.

A preocupação com a imagem do Brasil em relação ao ambiente também foi explicitada pelo chanceler Ernesto Araújo.

Em reunião no hotel da delegação brasileira, durante a tarde desta terça, o ministro das Relações Exteriores insistiu que o Brasil precisa rebater as críticas estrangeiras de que estaria colocando em risco a proteção ambiental.

Na conversa, foi sugerido que o agronegócio brasileiro promovesse até mesmo um evento para mostrar a sustentabilidade do setor.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.