Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro diz que situação na Amazônia caminha para ‘normalidade’

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bolsonaro diz que situação na Amazônia caminha para 'normalidade'
Imagem: Adriano Machado/Reuters

Presidente afirmou ainda que situação na Amazônia está caminhando para “normalidade”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, conversou, neste sábado (24), com jornalistas na saída da residência oficial do Palácio da Alvorada, em Brasília.

Bolsonaro comentou as queimadas na região da Amazônia, que nos últimos dias geraram uma ofensiva diplomática liderada pelo presidente da França, Emmanuel Macron, sobre a atuação do governo em relação ao meio ambiente.

Para o chefe do Executivo, a situação na Floresta Amazônica está se encaminhando para a “normalidade”:

“A média das queimadas está abaixo dos últimos anos e está indo para a normalidade essa questão. O que nós podemos fazer, estamos fazendo. A Amazônia é uma área maior do que toda a Europa. Se eu tivesse 10 milhões de pessoas, não conseguiria fazer prevenção. É lamentável o que acontece. Alguns incêndios são espontâneos, outros, pelo que parece, são criminosos.”

Bolsonaro autorizou, nesta sexta-feira (23), emprego de homens das Forças Armadas para atuar no combate ao fogo na região. Seis estados da Amazônia Legal já pediram apoio dos militares.

Ainda na conversa com repórteres, segundo O Globo, Bolsonaro acrescentou:

As unidades nossas já estão começando a trabalhar na região. Agora, a floresta não está pegando fogo como o pessoal está dizendo. O fogo é onde o pessoal desmata.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias