- PUBLICIDADE -

Bolsonaro é a favor da divulgação de trecho do vídeo citado por Moro

Bolsonaro é a favor da divulgação de trecho do vídeo citado por Moro
Imagem: Reprodução/YouTube
- PUBLICIDADE -

“Não existe no vídeo eu falando superintendência da Polícia Federal”, diz o presidente brasileiro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, demonstrou tranquilidade, nesta terça-feira (12), com a possível divulgação do vídeo de uma reunião ministerial do dia 22 de abril.

Advogados e Sergio Moro assistiram o vídeo hoje na Polícia Federal (PF) e afirmaram que a gravação comprova as denúncias feitas pelo ex-ministro ao deixar o governo.

Em conversa com a imprensa ao voltar ao Palácio da Alvorada, em Brasília, Bolsonaro disse que algumas vezes nas reuniões com ministros as “discussões são acaloradas”:

“A reunião de ministros não é algo previsto em lei que você tem que filmar e guardar por tanto tempo ou divulgar logo depois. As discussões são acaloradas de vez em quando.”

O chefe do Executivo destacou que é importante ter cautela com a parte do conteúdo que envolve a política externa do Brasil:

“Eu espero que as questões sensíveis de segurança nacional não se tornem públicas. Isso prejudica e muito a economia do Brasil. Isso é péssimo para o Brasil.”

Bolsonaro enfatizou que é a favor da divulgação do trecho do vídeo envolvendo a interação entre ele e Moro:

“Da minha parte do tocante ao inquérito, tá liberado. Até palavrão meu que eu falei. Sem problema nenhum. Da minha parte tá liberado isso daí.” 

O presidente brasileiro acrescentou:

“Não existe no vídeo eu falando superintendência da Polícia Federal, o que tá falando lá é minha preocupação com minha segurança. Não tem nada demais no vídeo. Tranquilíssimo. É só assistir o vídeo.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -