PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Bolsonaro é ‘alvo altamente compensador’ para atentados, diz Heleno

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

“É um atividade altamente dinâmica. Nós não podemos assinar embaixo, dizer que a segurança é 100%”, afirmou o general Heleno.

Apesar de estar sempre cercado por agentes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o presidente da República, Jair Bolsonaro, ainda é um alvo em potencial para atentados.

Quem diz isso é o general Augusto Heleno, ministro-chefe do GSI, responsável pela segurança do presidente, do vice-presidente e de seus familiares.

Na manhã desta quinta-feira (26), durante uma demonstração da equipe de segurança, Heleno disse que Bolsonaro se tornou um “alvo altamente compensador” para atentados contra a vida devido ao seu significado político:

“As coisas são tratadas de acordo com cada oportunidade, cada ocasião, cada evento. É um atividade altamente dinâmica. Nós não podemos assinar embaixo, dizer que a segurança é 100%. A segurança é de responsabilidade minha e eu não assino um papel desse.”

Segundo o site Metrópoles, Heleno disse que, na história política recente, Bolsonaro é um alvo mais visado do que o ex-presidente Lula da Silva (PT):

“Se me matarem, eu vou morrer, ser enterrado e acabou. Ele não. Se matarem ele, muda toda a política do país. O Lula, por exemplo, não era um alvo tão compensador porque ele tinha por trás uma legião do PT.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.