Português   English   Español

Bolsonaro e Mourão não viajarão juntos outra vez

Bolsonaro e Mourão não viajarão juntos outra vez

Uma foto do general da reserva Hamilton Mourão ao lado do presidente eleito Jair Bolsonaro em um voo rumo a Brasília ocasionou muitas críticas nas redes sociais.

Em sua primeira viagem oficial como presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) se deslocou a Brasília nesta terça-feira (6) na mesma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) que transportou seu vice, Hamilton Mourão.

A presença das duas lideranças em um mesmo avião descumpre uma orientação de segurança contrária a transportar juntos os dois primeiros nomes da linha de sucessão presidencial, de acordo com a Folha de Pernambuco.

A recomendação é feita para se evitar um vácuo de poder caso a aeronave sofra um acidente e nenhum dos dois tripulantes sobreviva.

Nos Estados Unidos, por exemplo, uma regra extraoficial de segurança da Casa Branca impede este tipo de viagem, garantindo que o país conte com uma autoridade eleita democraticamente em caso de acidente.

Na França, conforme informou a revista Época, o presidente também evita viajar com o presidente do Senado, que desempenha papel de vice-presidente.

Escutando o clamor digital, o general Mourão confirmou nesta quarta-feira (7) que não viajará outra vez na mesma aeronave que o futuro presidente Bolsonaro, segundo informações do jornalista Igor Gadelha, na revista Crusoé.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...