Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro e Mourão não viajarão juntos outra vez

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bolsonaro e Mourão não viajarão juntos outra vez

Uma foto do general da reserva Hamilton Mourão ao lado do presidente eleito Jair Bolsonaro em um voo rumo a Brasília ocasionou muitas críticas nas redes sociais.

Em sua primeira viagem oficial como presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) se deslocou a Brasília nesta terça-feira (6) na mesma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) que transportou seu vice, Hamilton Mourão.

A presença das duas lideranças em um mesmo avião descumpre uma orientação de segurança contrária a transportar juntos os dois primeiros nomes da linha de sucessão presidencial, de acordo com a Folha de Pernambuco.

A recomendação é feita para se evitar um vácuo de poder caso a aeronave sofra um acidente e nenhum dos dois tripulantes sobreviva.

Nos Estados Unidos, por exemplo, uma regra extraoficial de segurança da Casa Branca impede este tipo de viagem, garantindo que o país conte com uma autoridade eleita democraticamente em caso de acidente.

Na França, conforme informou a revista Época, o presidente também evita viajar com o presidente do Senado, que desempenha papel de vice-presidente.

Escutando o clamor digital, o general Mourão confirmou nesta quarta-feira (7) que não viajará outra vez na mesma aeronave que o futuro presidente Bolsonaro, segundo informações do jornalista Igor Gadelha, na revista Crusoé.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email