Bolsonaro envia acordo de defesa entre Brasil e EUA ao Congresso

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A ideia do acordo é ampliar o mercado de defesa americano para maior cooperação com o Brasil.

Em março de 2020, o presidente da República, Jair Bolsonaro, visitou a sede do Comando Sul dos Estados Unidos, onde assinou o Acordo de Pesquisa, Desenvolvimento, Teste e Avaliação (RDT&E).

Agora, nesta sexta-feira (14), Bolsonaro vai enviar o acordo ao Congresso Nacional.

O documento representa a etapa seguinte à designação do Brasil como aliado preferencial da Otan, posto obtido em 2019, que precisa ser aprovado pelos parlamentares. 

“Ao facilitar o financiamento de pesquisa e desenvolvimento no campo militar, o RDT&E contribuirá para o estabelecimento de um novo patamar de relacionamento entre as Forças Armadas dos dois países”, afirma, em nota, a Secretaria-geral da Presidência, destaca O Globo.

O intuito do acordo é ampliar a participação da indústria brasileira de defesa privada e pública no mercado norte-americano. 

A partir do ato, o Brasil poderá ter acesso a um fundo do governo americano de quase U$ 100 bilhões.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.