Português   English   Español

Bolsonaro diz que escolas do MST são fábricas de guerrilheiros

Bolsonaro diz que escolas do MST são fábricas de guerrilheiros

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, apresentou mais uma proposta caso seja eleito presidente do Brasil.

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) prometeu “acabar” com as escolas organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Caso os números do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) estiverem certos, o sistema de ensino mantido pela organização tem dimensões impressionantes: são 2 mil escolas, com um exército de 200 mil alunos.

Todos os alunos das escolas do grupo de extrema-esquerda seguem um currículo diferente das escolas públicas regulares, segundo informações da Defesa Net.

Durante entrevista na noite desta quinta-feira (25), o candidato do PSL declarou:

Queremos por um ponto final nas escolinhas do MST. A bandeira que eles hasteiam não é a verde e amarela, é a vermelha com uma foice e um martelo. Lá eles não aprendem o Hino Nacional, eles aprendem a Internacional Socialista. Eles estão formando uma fábrica de guerrilheiros no Brasil.

 

Adaptado da fonte BR18

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter