Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Bolsonaro espera que Dodge comprove incêndios criminosos

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bolsonaro espera que Dodge comprove incêndios criminosos
COMPARTILHE

“Falei que era criminoso”, diz Bolsonaro sobre queimadas na Floresta Amazônica.

Em meio à escolha do novo nome para assumir a Procuradoria-Geral da República (PGR), o presidente da República, Jair Bolsonaro, elogiou a apuração do Ministério Público Federal (MPF) sobre as queimadas na Amazônia.

A atual procuradora-geral, Raquel Dodge, indicou que há suspeita de ação orquestrada do “crime organizado” nos focos de incêndio na região.

Durante solenidade na sede da PGR, em Brasília, nesta segunda-feira (2), Dodge pediu a abertura de inquéritos para identificar e punir os responsáveis.

Bolsonaro enfatizou que, desde as primeiras notícias sobre as queimadas, tem apontado para ação criminosa na Amazônia, no entanto, não foi ouvido.

Ao deixar o Palácio da Alvorada, nesta terça, o chefe do Executivo disse esperar que Dodge tenha como comprovar esses crimes:

“Quando disse isso lá atrás, vocês bateram em mim à vontade. Falei que tinha algo criminoso ali, não tinha como comprovar e espero que ela [Raquel Dodge] tenha como comprovar agora.”

Raquel Dodge já enviou um pedido de apuração ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM