Bolsonaro indica Wagner de Campos Rosário como ministro da CGU

Idiomas:

Português   English   Español
Bolsonaro indica Wagner de Campos Rosário como ministro da CGU
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Bolsonaro segue indicando seus ministros através das redes sociais.


Em mensagem publicada no Twitter na manhã desta terça-feira (20), o presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou mais um membro da sua equipe de ministros.

Wagner de Campos Rosário passou 27 anos servindo ao Exército.

Antes de se tornar servidor da Controladoria-Geral da União (CGU), em 2009, Rosario era capitão com formação na Academia Militar das Agulhas Negras, segundo informações de O Globo.

O ministro também tem mestrado em Combate à Corrupção e Estado de Direito pela Universidade de Salamanca, na Espanha.

Rosário escreveu trabalhos acadêmicos como a tese “O papel do controle interno na luta contra a corrupção, com ênfase na investigação conjunta desenvolvida no Brasil e na Espanha”. O trabalho foi publicado em 2016, segundo informações do G1.

Rosário foi o primeiro servidor de carreira a assumir o cargo de secretário-executivo e de ministro da CGU. Desde agosto de 2016, Wagner de Campos é o atual Ministro da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União.

A CGU é o órgão de controle interno do Governo Federal responsável por realizar atividades relacionadas à defesa do patrimônio público e ao incremento da transparência da gestão.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...