- PUBLICIDADE -

Bolsonaro lembra que Alckmin ‘está na mira’ da Lava Jato

- PUBLICIDADE -

Em sua primeira agenda oficial no interior de São Paulo, reduto do ex-governador, o candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, lembrou que o tucano ‘está na mira’ da Operação Lava Jato.

Jair Bolsonaro visitou Presidente Prudente nesta quarta-feira (22), um dos redutos mais fiéis dos tucanos, e criticou o ex-governador e candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.

O deputado federal declarou:

Alckmin se juntou ao que tem de pior na política brasileira. É por isso que os eleitores dele agora estão me apoiando. É só comparar a minha vida pregressa com a dele. Estou no sétimo mandato de deputado federal e não tenho uma mancha. Já ele está na mira da Lava Jato em São Paulo.

Bolsonaro disse que as últimas pesquisas mostraram que a estratégia de Alckmin, de se juntar aos partidos do chamado Centrão para ter mais tempo de televisão, não deu certo.

Ela afirmou:

O tal do blocão, o grande acordo que existe entre eles, e que o PSDB nega se for perguntado, é que, em chegando lá, o presidente assina um indulto para o Lula e para uma parte do Lava Jato.

De acordo com o candidato do PSL, o eleitor não aceita mais a política do “toma lá da cá” e rejeita candidatos com essa postura.

O militar reformado acrescentou:

Deputados de grande parte desse centrão, e até do PSDB, não vão pedir voto para o Alckmin. O deputado pede voto para o Alckmin e acaba perdendo voto. Ele (Alckmin) vai ter dificuldade para que os deputados do centrão trabalhem para ele.

 

Adaptado da fonte Terra
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -