Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro minimiza tuíte de Carlos sobre ‘vias democráticas’

Bolsonaro minimiza tuíte de Carlos sobre 'vias democráticas'
COMPARTILHE

“Não devia ter essa repercussão toda. Teve porque é meu filho”, afirmou o presidente Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, saiu em defesa do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) durante entrevista ao “Jornal da Record” exibida na noite desta segunda-feira (16).

Na semana passada, Carlos publicou em seu perfil no Twitter que o Brasil não terá transformação rápida por “vias democráticas”.

Durante a conversa com o repórter da Record, Bolsonaro declarou:

“É uma opinião dele e tem razão. Se fosse em Cuba ou na Coreia do Norte, não teria aprovado qualquer reforma? Aqui é porque tem discussão, não tem poder de influenciar o Parlamento, e eu não quero esse poder. É um pleonasmo abusivo, como dizer que leite é branco e café é preto. Não devia ter essa repercussão toda. Teve porque é meu filho.”

E acrescentou:

“Pelo amor de Deus, alguma manifestação minha, o presidente sou eu, dizendo que a democracia não pode ser feita diferente? Não tem nada disso, gostaria que o Parlamento fosse mais rápido. A reforma da Previdência está demorando um pouquinho, mas esse mês será tudo resolvido, depois entra a reforma tributária. Há quantos anos tentaram fazer a reforma previdenciária? O Carlos se equivocou. Está sendo rápido demais no Governo Bolsonaro.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários