- PUBLICIDADE -

Bolsonaro não aceitará ‘passivamente’ ataque à liberdade de expressão

Bolsonaro alertou que família poderia ser alvo de 'sacanagem'
Imagem: Marcelo Casal/Agência Brasil
- PUBLICIDADE -

“Estamos trabalhando para que se faça valer o direito à livre expressão em nosso país”, diz Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quarta-feira (27), que “nenhuma violação ao direito à livre expressão” deve ser aceita de forma passiva.

Sem citar diretamente a operação da Polícia Federal (PF) a mando do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, Bolsonaro declarou:

“Estamos trabalhando para que se faça valer o direito à livre expressão em nosso país. Nenhuma violação desse princípio deve ser aceita passivamente!”

Em mensagens anteriores, Bolsonaro acrescentou

“Ver cidadãos de bem terem lares invadidos, por exercerem direito à liberdade de expressão, é um sinal que algo de muito grave está acontecendo com nossa democracia.”

Em uma publicação posterior, o chefe do Executivo citou diretamente Moraes ao compartilhou um vídeo com o magistrado falando sobre “liberdade de expressão”. 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -