Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro não precisa apresentar exames, diz STJ

Bolsonaro zera imposto de importacao da cloroquina e azitromicina
Imagem: Isac Nóbrega/PR
COMPARTILHE

AGU argumentou que não se pode afastar direito à privacidade do presidente Bolsonaro.

João Otávio Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), suspendeu, nesta sexta-feira (8), as decisões judiciais que obrigavam o presidente da República, Jair Bolsonaro, a entregar os resultados dos exames para coronavírus.

Noronha atendeu a um recurso da Advocacia Geral da União (AGU), que argumentou que os resultados dos exames devem preservar a esfera privada de Bolsonaro. 

“Os dados e as informações não dizem respeito ao exercício da função”, diz a AGU.

O governo argumentou que, ainda que sejam informações acerca de agente público, não se pode afastar completamente os direitos à intimidade e à privacidade do presidente Bolsonaro.

Bolsonaro fez dois exames para Covid-19. Em ambos os casos, o chefe do Executivo afirmou em redes sociais que os resultados deram negativo. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE