- PUBLICIDADE -

Bolsonaro não tem pressa para indicar o novo ministro da Saúde

Bolsonaro nao tem pressa para indicar o novo ministro da Saude
Imagem: Folhapress / Edu Andrade
- PUBLICIDADE -

“É um gestor de primeira linha, graças a ele tivemos a Olimpíada do Rio de Janeiro”, disse Bolsonaro sobre Pazuello.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, não está com pressa para indicar o substituto de Nelson Teich no comando do Ministério da Saúde.

Em live com o jornalista Magno Martins, nesta terça-feira (19), Bolsonaro disse¹ que “por enquanto, deixa lá o general Pazuello, está indo muito bem, uma pessoa inteligente”. 

O general Eduardo Pazuello assumiu o comando da pasta em meio à pandemia de coronavírus após Teich pedir demissão com menos de 30 dias no cargo.

Ainda na transmissão ao vivo nas redes sociais, o chefe do Executivo acrescentou²:

“É um gestor de primeira linha, graças a ele tivemos a Olimpíada do Rio de Janeiro. Ele foi o coordenador da Operação Acolhida, do pessoal que vem da Venezuela.”

Bolsonaro explicou³ que Teich tem ligado para Pazuello e ajudado informalmente nas tarefas do ministério, “diferente do anterior, [o ex-ministro Henrique Mandetta], que está criticando”.

Referências: [1][2][3]
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -