Português   English   Español

Bolsonaro nega possibilidade de Assembleia Constituinte

Em entrevista ao Jornal Nacional, o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, negou a possibilidade de convocação de uma Assembleia Constituinte caso seja eleito presidente.

Em setembro, o candidato a vice, general Antônio Hamilton Mourão, chamou de “erro” a Constituição de 1988 e disse que uma nova Carta não precisaria ser redigida por eleitos pelo povo, mas sim por um “conselho de notáveis”.

Jair Bolsonaro (PSL) afirmou, segundo informações de O Globo:

Ele é general e eu sou o capitão, mas eu sou o presidente. Desautorizei (o general) nesses dois momentos. Ele não poderia ir além daquilo que a Constituição permite. Jamais eu posso admitir uma nova constituinte, até por falta de poderes para tal.

Em outra declaração, Mourão sugeriu que o presidente eleito poderia dar um “autogolpe” a depender das condições do país.

O militar também negou a hipótese:

A questão de autogolpe, não entendi direito o que ele quis dizer naquele momento. Mas isso não existe. Se estamos disputando a eleição, é porque acreditamos no voto popular e seremos escravos da Constituição.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter