PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Bolsonaro negou ‘nefastos efeitos’ da pandemia, diz Marco Aurélio

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Ele chegou mesmo a dizer que seria uma gripezinha, né?", diz Marco Aurélio.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio, sugeriu que o presidente Jair Bolsonaro mude a postura adotada em meio à pandemia do novo coronavírus.

Questionado pela revista Crusoé se o chefe do Executivo é o responsável direto pelas mais de 500 mil mortes por Covid-19 no Brasil, Marco Aurélio disse que não tem Bolsonaro como réu.

Trechos da entrevista do decano do STF com a revista foram divulgados, neste domingo (20), pelo portal UOL.

Evidentemente, ele [Bolsonaro] deve fazer um reexame quanto à postura inicialmente adotada, negacionista quanto aos nefastos efeitos da pandemia“, disse Marco Aurélio.

Ele chegou mesmo a dizer que seria uma gripezinha, né? E com isso eu creio que de alguma forma a população baixou a guarda e chegamos a praticamente 500 mil mortos. É algo inconcebível“, completou o ministro.

Na última sexta-feira (18), Marco Aurélio informou ao presidente do STF, Luiz Fux, que decidiu permanecer no cargo até a data limite para se aposentar compulsoriamente, em 12 de julho, dia em que vai completar 75 anos, como noticiou a Renova.

Recentemente, Fux pediu ao presidente Bolsonaro que aguarde a aposentadoria do ministro Marco Aurélio para, então, indicar um novo ministro à Corte.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.