Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro preside reunião informal dos BRICS no Japão

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bolsonaro preside reunião informal dos BRICS no Japão
COMPARTILHE

Bolsonaro conclamou os países do BRICS a demonstrarem a capacidade de enfrentar “momentos difíceis e desafiadores” como o atual.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, presidiu, nesta sexta-feira (28), uma reunião informal dos líderes dos BRICS — China, Índia, Rússia e África do Sul —, à margem cúpula do G-20, em Osaka, no Japão.

O presidente da China, Xi Jinping, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, participaram do encontro.

Durante a reunião, segundo O Globo, Bolsonaro reafirmou o apoio do Brasil ao sistema multilateral de comércio e criticou práticas econômicas protecionistas:

“A persistência de correntes protecionistas e de práticas econômicas desleais é fonte de tensões comerciais e põe em risco a estabilidade das regras internacionais de comércio.”

De acordo com o site Sputnik, o chefe do Executivo também defendeu uma ação conjunta do BRICS contra a crise na Venezuela:

“Acho que posso esperar a cooperação de todas as pessoas que estão sentadas nesta mesa e espero que juntos possamos ajudar a resolver a crise na Venezuela.”

O presidente brasileiro também afirmou aos parceiros que seu governo está abrindo o mercado de gás natural, com o objetivo de promover a concorrência e aumentar a oferta de energia barata para as famílias e para as indústrias.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram