Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Bolsonaro promete modificações nos livros didáticos em 2021

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bolsonaro promete modificações nos livros didáticos em 2021
Imagem: Reprodução/Twitter

“Em 2021, todos os livros serão nossos. Feitos por nós. Os pais vão vibrar”, disse Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta sexta-feira (3), que, por força da lei, não poderá mudar os livros didáticos em 2020.

Ao deixar o Palácio do Planalto, em Brasília, o chefe do Executivo disse que, a partir de 2021, essas publicações terão conteúdos novos, feitos por sua gestão:

“Tem livros que vamos ser obrigados a distribuir esse ano ainda levando-se em conta a sua feitura em anos anteriores. Tem que seguir a lei.”

Bolsonaro acrescentou:

“Em 2021, todos os livros serão nossos. Feitos por nós. Os pais vão vibrar. Vai estar lá a bandeira do Brasil na capa, vai ter lá o hino nacional. Os livros hoje em dia, como regra, é um amontoado… Muita coisa escrita, tem que suavizar aquilo.”

O presidente do Brasil acrescentou que os livros devem parar com conteúdos como a “historinha de ideologia de gênero” e ensinar “algo que vá ser útil”. 

Em seguida, segundo o jornal Gazeta do Povo, Bolsonaro voltou a criticar Paulo Freire:

“Falando em suavizar, estou vendo um cabeça branca ali, estudei com a cartilha Caminho Suave. Você não esquece. Não esse lixo que, como regra, está aí. Essa ideologia de Paulo Freire. O cara ficou 10 anos e a garotada de 15 anos foi fazer a prova do Pisa e mais da metade não sabe fazer uma regra de três simples.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias