Bolsonaro propõe mudar ICMS de diesel e gasolina

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Presidente brasileiro enviará proposta ao Congresso para que queda no petróleo chegue ao bolso do consumidor.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, indicou, neste domingo (2), que deve encaminhar uma proposta ao Congresso Nacional para alterar a forma de cobrança do ICMS que incide sobre a gasolina e o diesel. 

Em uma série de mensagens no Twitter, Bolsonaro disse que a ideia é acelerar a chegada dos cortes feitos nas refinarias, pela Petrobras, ao consumidor.

O chefe do Executivo propõe a incidência de um valor fixo de ICMS por litro e não mais sobre a média de preço cobrado nos postos:

“Os governadores cobram, em média, 30% de ICMS sobre o valor médio cobrado nas bombas dos postos e atualizam apenas de 15 em 15 dias, prejudicando o consumidor.”

Bolsonaro criticou este modelo, enfatizando que os governadores “não admitem perder receita, mesmo que o preço do litro nas refinarias caia”. 

O presidente brasileiro lembrou ainda que o governo reduziu três vezes os preços da gasolina e do diesel nas refinarias e questionou o motivo do ajuste não ter chegado aos postos.

“O presidente da República encaminhará proposta ao Legislativo e lutará pela sua aprovação”, completou Bolsonaro.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.