- PUBLICIDADE -

Bolsonaro quer Brasil no Acordo de Compras Públicas da OMC

Bolsonaro assinará MP para desburocratizar abertura de empresas
- PUBLICIDADE -

“Buscaremos licitações mais transparentes e com ampla concorrência internacional”, disse Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quinta-feira (23), que autorizou o início do processo de entrada do Brasil no Acordo de Compras Públicas da Organização Mundial do Comércio (OMC).

O acordo permite um tratamento isonômico a empresas estrangeiras interessadas em participar de licitações e concorrências públicas no país.

Em mensagem no Twitter, Bolsonaro declarou:

“Autorizei o início da acessão do Brasil ao Acordo de Compras Públicas da OMC. Em respeito ao dinheiro do pagador de imposto, buscaremos licitações mais transparentes e com ampla concorrência internacional, abrindo ainda um mercado de US$ 1,7 trilhão/ano para empresas brasileiras.”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia afirmado nesta semana em Davos, na Suíça, onde participa do Fórum Econômico Mundial, que o Brasil iria aderir ao acordo internacional de compras governamentais.

Guedes disse que a medida representa um “ataque frontal à corrupção” e representa mais um passo na busca pelo país de entrar “na primeira divisão de melhores práticas”, informa a agência Reuters.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -