Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro quer fundo bilionário na Educação, mas STF tem outros planos

Bolsonaro quer fundo bilionário na Educação, mas STF tem outros planos
COMPARTILHE

O relator do caso no Supremo é o ministro Alexandre de Moraes. Bolsonaro quer enviar recursos para Educação.

O destino dos mais de R$ 2,5 bilhões que a Petrobras deverá aplicar no Brasil como reparação pela corrupção na estatal ainda é uma incógnita.

A jornalista Andréia Sadi, da Rede Globo, citando fontes do Supremo Tribunal Federal (STF), afirma que nem toda a quantia deverá ser destinada para o Ministério da Educação, como deseja o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Os bilhões devem ser divididos entre Saúde e Segurança, indicam técnicos que estudam o caso ouvidos por Sadi.

A Petrobras fechou acordo com as autoridades dos Estados Unidos para devolução aos investidores de US$ 853 milhões como reparação por fraudes na estatal.

Esse acordo prevê aplicação de US$ 682 milhões no Brasil — o valor foi convertido em real e depositado em uma conta judicial, mas está bloqueado.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários