Bolsonaro quer Previdência aprovada ‘sem muita desidratação’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Bolsonaro espera que o Legislativo não tire pontos essenciais do conteúdo da proposta apresentada pelo ministério da Economia.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, acredita que a reforma da Previdência será aprovada no primeiro semestre deste ano pelo Congresso.

Durante conversa com jornalistas em Jerusalém, Bolsonaro afirmou:

“Não temos outra alternativa. Chegou a esse ponto: a Previdência está deficitária realmente e temos que fazer essa reforma. Espero que o Congresso a aprove sem que seja muito desidratada.”

Segundo a jornalista Célia Froufe, Bolsonaro ressaltou que a decisão está com o Parlamento:

“No que depender de mim, farei gestões. Eu conheço mais da metade dos parlamentares, fiquei 28 anos lá dentro e sei como aquilo funciona. Posso dar sugestões, mas não quero me meter porque agora estou em outra Casa.”

O presidente acredita que se o Brasil mostrar que está fazendo dever de casa, com a aprovação pelo Congresso, as contas nacionais, que estão desequilibradas, seriam reequilibrarmos e o investimento caminharia para o Brasil.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.