Bolsonaro reafirma capacidade de Eduardo para assumir embaixada

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Por que essa pressão no meu filho?”, indagou o chefe do Executivo sobre as críticas contra Eduardo.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse não entender a pressão que o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) tem sofrido após possível indicação para a Embaixada do Brasil nos Estados Unidos.

Em conversa com jornalistas na saída do Palácio da Alvorada, nesta quinta-feira (18), Bolsonaro disse que o filho segue todos os critérios necessários para ocupar o cargo:

“Por que essa pressão em cima de um filho meu? Ele é competente ou não é? Dentro do quadro das indicações políticas, que vários países fazem isso, é legal fazer no Brasil também.”

E, segundo a revista ISTOÉ, acrescentou:

“Você tem que ver o seguinte: é legal? É. Tem algum impedimento? Não tem impedimento por ser meu filho. Atende o interesse do público? Qual o grande papel do embaixador, não é o bom relacionamento com o chefe de Estado daquele outro país? Atende isso? Atende.”

O chefe do Executivo também não se mostrou preocupado com pesquisas de opinião pública sobre a indicação:

“É a mesma fonte que disse que eu não estaria no segundo turno, na Presidência.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.