Bolsonaro rebate críticas sobre suposto autoritarismo na Presidência

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Não conseguimos nada sozinho, precisamos interagir”, disse o presidente Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta terça-feira (3), que não tem adotado uma postura autoritária à frente do Palácio do Planalto.

Em evento promovido pela Controladoria-Geral da União (CGU), Bolsonaro citou autoridades com quem tem se consultado para tomar decisões de governo.

No início do seu discurso, após mencionar os nomes de Dias Toffoli, presidente do STF, e José Múcio Monteiro, presidente do TCU, Bolsonaro declarou:

“Por mais que me acusam de autoritário, [para] as decisões que tomo, ouço grande parte desses atores que acabei de citar. Porque a chance de errar é mínima e a chance de vitória realmente passa a ser a maior possível.”

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, o chefe do Executivo acrescentou:

“Quem sai à guerra precisa de orientação. E, com muitos conselheiros, se obtém a vitória. Não conseguimos nada sozinho, precisamos interagir.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.