- PUBLICIDADE -

Bolsonaro rebate Gentili e fala sobre novo chefe do MEC

Bolsonaro rebate Gentili e fala sobre novo chefe do MEC

- PUBLICIDADE -

“Espero amanhã colocar um ponto final na questão do Ministério da Educação”, disse Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que se reuniu nos últimos dias com pelo menos seis fortes candidatos ao cargo deixado por Abraham Weintraub no Ministério da Educação.

Em live no Facebook, nesta quinta-feira (9), Bolsonaro disse que a tarefa não é fácil, mas que quer um ministro que “promova o diálogo com todas as esferas da educação”:

“Espero amanhã colocar um ponto final na questão do Ministério da Educação. O grande problema é que tem muita gente boa.”

O chefe do Executivo acrescentou:

“Não posso colocar as pessoas por pressão. […] Se Deus quiser a gente vai acertar com um nome que devemos indicar amanhã.”

Na mesma transmissão, Bolsonaro rebateu acusações do apresentador Danilo Gentili, do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT):

“Notícia triste, lamento aqui, não tenho nada contra ou a favor. O senhor Danilo Gentili, me acusando de ter procurado o SBT para demiti-lo. Jamais procurei órgão de imprensa nenhum para demitir quem quer que seja.”

Na última quarta-feira (8), Gentili disse que Bolsonaro pediu sua “cabeça”. Ele xingou o presidente de “fdp”:

“Fui defendido por ele uma ova! Saiba você que tomei processo por defendê-lo e esse ‘fdp’ foi lá pedir minha cabeça e censura no meu emprego quando critiquei o Fundão Eleitoral (e seu filho usa rede de difamação contra mim).” 

Ainda na live de ontem, Jair Bolsonaro completou:

“E outra, me chama de fdp ainda. Lamento pessoas que têm problemas, não sei se teve problemas, parece que teve problemas com o SBT e levanta, elege um responsável pelo seu insucesso.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -