- PUBLICIDADE -

Bolsonaro reconhece dificuldades de privatizar Correios

Bolsonaro confirma estudo para privatização dos Correios
- PUBLICIDADE -

Bolsonaro disse que não tem como garantir a privatização dos Correios até o final do seu mandato.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, reconheceu, nesta terça-feira (7), que vem enfrentando dificuldades para avançar a privatização dos Correios e outras empresas estatais. 

Ao deixar o Palácio da Alvorada, em Brasília, Bolsonaro declarou:

“Não são fáceis as privatizações. Até o próprio Correio que a gente quer privatizar, mas tem dificuldade.”

E, segundo o site UOL, acrescentou:

“Se eu pudesse privatizar hoje, privatizaria. Mas não posso prejudicar o servidor dos Correios.”

Bolsonaro lembrou decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que determina que a venda de empresas mães precisam passar pelo Legislativo e outros empecilhos para a venda da estatal:

“E aí você mexe com centenas, milhares, dezenas de milhares de servidores, é um passivo grande. Tem que buscar solução para tudo isso. Não dá para jogar os caras para cima, eles têm que ter suas garantias, além de que tem que ter um comprador para aquilo, tem o Tribunal de Contas da União com lupa em cima de você. Não são fáceis as privatizações.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -