Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro reforça possível origem criminosa de petróleo afetando Nordeste

Bolsonaro reforça possível origem criminosa de petróleo afetando Nordeste
COMPARTILHE

“Parece que criminosamente algo foi despejado lá”, reforçou Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, teve uma reunião no Palácio da Alvorada, na manhã desta terça-feira (8), com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Em breve conversa com jornalistas após deixar o prédio, Bolsonaro reforçou que há uma suspeita de o óleo encontrado em praias da região Nordeste ter sido despejado “criminosamente” no litoral:

“É um volume que não está sendo constante. Se fosse de um navio que estivesse afundando, por exemplo, estaria saindo ainda óleo. Parece que, não é mais fácil, parece que criminosamente algo foi despejado lá.”

Questionado se o vazamento foi provocado por outro país, o chefe do Executivo respondeu:

“É reservado. É reservado, eu não posso acusar um país. Vai que não é aquele país, eu não quero criar problemas com outros países. É reservado.”

As poças de óleo vêm aparecendo em praias nordestinas desde o início de setembro e atingiram 132 localidades em 61 municípios de 9 estados, informa o site G1.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários