Bolsonaro rejeita mudanças no teto de gastos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Ceder ao teto é abrir uma rachadura no casco do transatlântico”, afirmou o presidente Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quinta-feira (5), que é preciso preservar a emenda constitucional que estabeleceu o teto de gastos.

De acordo com o chefe do Executivo, modificar a regra seria “abrir uma rachadura no casco do transatlântico”.

Em mensagem na rede social Twitter, na manhã de hoje, Bolsonaro declarou:

“Temos que preservar a Emenda do Teto. Devemos sim, reduzir despesas, combater fraudes e desperdícios. Ceder ao teto é abrir uma rachadura no casco do transatlântico.”

E acrescentou:

“O Brasil vai dar certo. Parabéns a nossos ministros pelo apoio às medidas econômicas do Paulo Guedes.”

Na quarta-feira (3), o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, disse que Bolsonaro defendia uma mudança no teto de gastos porque a tendência é o governo nos próximos anos ficar sem recursos para as despesas da manutenção da máquina pública.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.