Bolsonaro responde à ameaça da turma de Guilherme Boulos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Em uma transmissão ao vivo no Facebook neste domingo (14), o presidenciável Jair Bolsonaro reagiu à ameaça proferida por militantes petistas em comício dias atrás.

O vídeo foi registrado em um comício feito pelo extremista de esquerda Guilherme Boulos na quarta-feira passada, ao lado de Gleisi Hoffmann.

Em cima de um carro de som no Masp, em São Paulo, o candidato derrotado do PSOL disse que só deixaria passar o feriadão para voltar a fazer mobilizações pelo país e a militância cantou em coro:

Ô Bolsonaro, presta atenção, a sua casa vai virar ocupação.

Boulos acrescentou que “o MTST ocupa terreno improdutivo, e a casa do Bolsonaro não me parece uma coisa muito produtiva”, segundo informações de O Antagonista.

Neste domingo (14), durante a ‘live’ no Facebook, Jair Bolsonaro (PSL) declarou:

Você deve ter visto um vídeo de ontem, ou anteontem, do Boulos insuflando uma massa enorme para invadir, ocupar a minha residência. O que você faria se o Boulos e 2 mil pessoas ameaçassem invadir a sua residência? Se eu for o presidente e se o Parlamento assim entender, nós vamos tipificar como terrorismo qualquer invasão de propriedade privada.

Ao se deparar com as críticas, o candidato à Presidência com o pior desempenho da história do PSOL disse que tudo não passou de uma “ironia” e que Bolsonaro precisava de aulas de “interpretação de texto”.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.