- PUBLICIDADE -

Bolsonaro revoga norma que inibia posse de arma de fogo

Brasil é o maior importador de armas na América do Sul
Imagem: Albari Rosa/Gazeta do Povo

A norma permitia duas armas de fogo por cidadão para defesa pessoal.

- PUBLICIDADE -

O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou, nesta quinta-feira (20), a revogação de uma norma que dificultava a posse e o porte de armas de fogo no Brasil

A instrução normativa citada por Bolsonaro foi editada pela Polícia Federal (PF) em dezembro de 2018, durante o governo do ex-presidente Michel Temer.

A Instrução Normativa 131 de 2018 estabelecia procedimentos relativos a registro, posse, porte e comercialização de armas de fogo e munição. 

Em live no Facebook, Bolsonaro relatou que a norma foi revogada após o pedido de um apoiador em conversa em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -