Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro sanciona lei que estabelece ajuda ao setor aéreo

Não vou usar minha caneta para demarcar mais áreas diz Bolsonaro
COMPARTILHE

Governo enfatiza que a medida foi assinada por Bolsonaro para preservar empregos do setor aéreo.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou, nesta quinta-feira (6), a Lei 14.034/20, que estabelece medidas emergenciais para ajudar a aviação civil do Brasil em meio à pandemia de coronavírus.

Entre outras medidas, a legislação extingue a taxa adicional de embarque internacional e prevê o reembolso de voos cancelados entre 19 de março e 31 de dezembro de 2020 ao consumidor em 12 meses, a contar da data do voo cancelado.

O texto também afirma que contribuições com vencimento em 2020 previstas em contratos de concessão de aeroportos firmados pelo governo federal poderão ser pagas até 18 de dezembro de 2020, com atualização monetária calculada com base no INPC.

Em mensagem no Twitter, o ministro da Secretaria-Geral, Jorge de Oliveira, afirmou que a medida foi assinada para preservar empregos.

“Companhias aéreas brasileiras perderam até 93% do movimento por causa do coronavírus”, disse Oliveira.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários