PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Bolsonaro sanciona projeto para tirar arma de agressor de mulher

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Aprovado pelo Congresso e sancionado por Bolsonaro, projeto altera a Lei Maria da Penha, que trata de crimes de violência doméstica.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou, na tarde desta terça-feira (8), um projeto de lei que facilita a apreensão de arma de fogo do agressor em casos de violência doméstica.

O Projeto de Lei 17/2019, de iniciativa do líder da oposição na Câmara, Alessandro Molon (PSB-RJ), modifica o texto da Lei Maria da Penha.

Uma alteração no artigo 18 vai permitir que, ao receber pedido da vítima, o juiz determine a apreensão imediata de arma de fogo que esteja sob a posse do agressor.

Outra mudança, no artigo 12, autoriza que a autoridade policial verifique, no ato do registro da ocorrência, se o agressor possui registro de posse ou porte de arma. Caso haja, a instituição que concedeu a autorização deverá ser notificada.

Outra sanção de Bolsonaro que altera a Lei Maria da Penha, acrescentando um dispositivo, vai possibilitar que o dependente de mulher vítima de violência doméstica tenha prioridade de matrícula em instituição básica de ensino próxima ao domicílio, informa o site Metrópoles.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.