Português   English   Español
Português   English   Español

Bolsonaro seria eleito no 1º turno por brasileiros no exterior

Bolsonaro seria eleito no 1º turno por brasileiros no exterior
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Dos 500 mil eleitores aptos a votar no exterior, menos da metade compareceu às urnas. Bolsonaro obteve cerca de 58,68% dos votos válidos; Ciro Gomes com 14,55% e Fernando Haddad, 10,14%.

Jair Bolsonaro (PSL) foi o candidato mais votado em todas as cidades dos Estados Unidos e na maioria das cidades no exterior.

No total, mais de 500 mil brasileiros estavam aptos a votar em 99 países neste domingo (7), no primeiro turno das eleições. Como não moram no Brasil, esses eleitores só puderam votar para o cargo de presidente.

Apesar de meio milhão de eleitores brasileiros estarem aptos para votar no exterior, o índice de abstenção foi alto. Com 92,95% das urnas apuradas, só 41% do total de eleitores haviam comparecido às urnas nas embaixadas e consulados pelo mundo.

Considerando as 136 cidades nas quais a apuração já havia sido concluída, ou onde pelo menos 98,64% dos votos já haviam sido contados à 1h05 desta segunda-feira (8), Bolsonaro havia vencido em 116 locais de votação no exterior. Ciro Gomes (PDT) foi o vencedor em outras 12, e Fernando Haddad (PT) foi o mais votado em seis.

Em duas cidades, Accra (Gana) e Moscou (Rússia), Ciro e Bolsonaro ficaram empatados com 6 e 18 votos cada, respectivamente. Em Dublim (Irlanda), Ciro superou Bolsonaro por apenas três votos.

De oito cidades americanas que entraram no levantamento, Bolsonaro havia vencido em todas. Ele também foi o mais votado nas três cidades japonesa e nas capitais de Venezuela, Irã e Israel, onde só houve um local de votação.

Já Ciro foi o mais votado nas capitais da França, da Alemanha e da China – na França, o único posto de votação foi em Paris; já nos dois últimos países, houve votação em outras cidades, onde venceu o candidato do PSL.

Haddad, por sua vez, venceu em países árabes como a Palestina e a Jordânia, nas duas cidades da Nigéria e na capital de Cuba, Havana.

 

Adaptado da fonte G1

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!